Dor muscular causada por estresse? Saiba mais

Você sabia que o estresse e as dores musculares estão fortemente conectados?

As pressões cotidianas e as emoções negativas levam a um estado de estresse capaz de provocar fortes contrações musculares. Esta contração reduz a circulação sanguínea para os tecidos, e a quantidade de oxigênio e nutrientes que deveriam chegar até eles, causando a liberação de hormônios como o cortisol e o adrenocorticotrópico (ACTH) que aumentam a percepção da dor.

Os primeiros sinais de estresse são, geralmente: problemas de distração, diminuição do rendimento, falha de memória, cansaço, ganho ou perda de peso, dor de cabeça e, finalmente, dores musculares, principalmente nas costas que se tornam menos capazes de suportar as atividades físicas, ficando vulnerável a lesões.

Para evitar estes danos, é importante tomar cuidado com a sobrecarga de trabalho e atividades domésticas. Lembre-se que o controle do estresse é um processo contínuo, então separe uma parte do dia para relaxar e busque utilizar técnicas de respiração para aliviar a pressão.

O alívio também poderá vir através de exercícios físicos, capazes de aumentar a produção de endorfina, substância química responsável pelo alívio das dores e bom humor. Mesmo exercícios simples, como o alongamento, poderão cumprir o papel de aliviar o estresse e relaxar os músculos tensos. 

Caso haja uma lesão já instalada é importante procurar pelo tratamento adequado, com o devido acompanhamento médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *